PAPA EMÉRITO XVI ACUSADO DE INÉRCIA FACE A CASOS DE ABUSO SEXUAL

By: Ariane Júnior (Jornalista Estagiária)

Um relatório sobre alegados abusos sexuais no arcebispado alemão de Munique acusa Bento XVI, então arcebispo daquela arquidiocese e atual Papa emérito, de inércia em pelo menos quatro casos conhecidos que ocorreram sob a sua hierarquia.

O documento encomendado pela Arquidiocese de Munique a uma equipe de advogados, apresentado hoje, destaca que o pontífice alemão refutou “fortemente” essas acusações.

Após a divulgação do relatório, o Vaticano expressou “vergonha” e “remorso” por casos de abuso de menores por parte do clero e disse que “dará a devida atenção” ao documento da Arquidiocese de Munique.

Fonte: DW

Postagem relacionada

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.