JORNALISTA POR FAMA E CASUALIDADE

Texto do Professor Afonso M. Ucuassapi.

Para quê estudar jornalismo por anos e anos na Universidade, se quem vai apresentar o telejornal e o programa de entretenimento é alguém que se tornou jornalista por ter participado de um reality show, por ter feito teatro ou telenovela, por ter cantado kuduro, por ter desfilado de tangas e cuecas em palcos para Miss ou Mister, por ser namorado do chefe, por ser esposa de uma figura famosa? Nunca vi uma profissão onde a fama suplanta a formação académica quanto o jornalismo. Não sei quantos jornalistas, repórteres e apresentadores da nossa praça televisiva possuem licenciatura em comunicação. Por absurdo, uns se formam depois de conseguirem o tal emprego por outras vias. Entram pela janela e saem pela porta. E não me surpreende, se muitos que não mereciam carteira jornalística também a têm.

By: Redacção

Postagem relacionada

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.